Colégio Estadual pode ser fechado a qualquer estante

Na manhã desta quarta-feira (21), os alunos do Colégio Estadual Alípio França, na Avenida Dendezeiros. protestaram fechamento da escola em 2019. O comunicado foi dado há menos de dois meses para o fim do ano letivo.

De acordo com a denúncia, estudantes, professores e funcionários do colégio foram informados nesta terça-feira (20) de que a instituição não irá mais funcionar a partir do próximo ano. Como forma de impedir o fechamento, alunos mobilizaram uma manifestação para esta quinta-feira (22), tanto no turno matutino quanto no vespertino.

Segundo os protestantes, além do colégio Alípio França, outras 20 escolas também devem ser fechadas em Salvador., Também informou que “está realizando estudos para reorganização da rede escolar, considerando a frequência nos últimos cinco anos, a capacidade de infraestrutura para atendimento e a dinâmica de regularização de matrículas de cada município, para verificar se há a necessidade de novas ofertas ou redução delas”. Sendo assim, existe a possibilidade de transferir os alunos para outras instituições. “Esclarece, ainda, que analisa a possibilidade de os Colégios Estaduais Paulo Américo e Luiz Tarquínio receberem as atividades do Colégio Estadual Alípio Franca, a partir do ano letivo de 2019, já que essas unidades possuem melhor infraestrutura para o atendimento à demanda da região”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *