Otto diz não em ser oposição de Bolsonaro

Foto:Reprodução/Internet

Otto Alencar, integrante da base do governador Rui Costa (PT), afirmou nesta quinta-feira (22) que não pretende seguir o mesmo caminho do governador.

Segundo o senador Otto Alencar, seu raciocínio é de seguir independente, de forma que não integrará a bancada governista nem a de oposição. Ele afirmou que este não é o momento de dificultar-se as ações do novo governo. Na entrevista concedida a outra emissora, Otto Alencar afirmou que não fará nenhum acordo diretamente com o governador Rui Costa, e sim com a direção nacional do PSD.

O senador disse: “Até o ex-governador e ex-senador ACM, quando Waldir Pires ganhou as eleições de 1986, disse que qualquer governo merece 100 dias de quarentena. Ninguém precisa fazer oposição. O governo nem se instalou, nem mostrou a que veio. Você pode colocar posições suas discordantes, mas não fazer oposição ao país. Não tenho nenhum sentimento armado para dificultar ações do governo.

Quem quiser chama-lo para impor dificuldades ao governo de Bolsonaro, não terá sucesso, pois o senador afirmou: “Não me chame para fazer pauta-bomba que eu não vou nessa”.

O Brasil continua atravessando uma crise “muito delicada”, mas o novo presidente encontrará o país em situação melhor. “O governo vai encontrar o país, do ponto de vista da gestão da economia, mais organizado do que recebeu. A inflação está controlada, os juros da Selic tão baixos, a economia está crescendo um pouquinho”, concluiu Otto Alencar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *