Bahia vence Fluminense com facilidade

Foto:Reprodução/Internet

O jogo ocorreu na Arena Fonte Nova, nesta quinta-feira (22). O Clube baiano ganhou pelo placar de 2×0 contra o Fluminense, aproximando-se cada vez mais da sua classificação para a Sul-Americana.

Com pressão de inicio a fim, o Tricolor de Aço não deu espaço para o Tricolor das Laranjeiras, que só conseguiu dar cinco chutes ao gol.

Zé Rafael e Edigar Junio marcaram os gols do triunfo, que poderia ter acontecido com um placar mais elástico. Com o resultado, o time baiano ficou ainda mais próximo de conquistar a vaga na Copa Sul-Americana.

Com o resultado desta quinta-feira, o Bahia chegou aos 47 pontos, na 11a. O time de Enderson Moreira volta a campo no próximo domingo (25), para enfrentar o América-MG, concorrente direto do Vitória na luta contra o rebaixamento no Independência.

No primeiro tempo da partida

O Fluminense começou pressionando o Bahia, com apenas dez minutos de partida. Luciano, atacante do Fluminense, recebeu a bola dentro da área e tocou na saída de Douoglas. Porém, a arbitragem assinalou impedimento do atacante e anulou o gol.

Logo após esse inicio avassalador do Fluminense, o Bahia respondeu com Edgar Junio, após o atacante desviar de cabeça e o goleiro do Fluminense fazer uma belíssima defesa.

No rebote, Ramires tentou completar e Rodolfo fez outra grande defesa para evitar o gol.

Com 23 minutos de jogo, o Tricolor chegou mais uma vez na área, novamente na bola aérea. Desta vez Élber levantou a bola para dentro da área e Gregore chegou de peixinho, recordando os velhos tempos do baixinho Romário, levando perigo ao gol do Fluminense.

Porém, Élber sentiu a coxa com 38 minutos de jogo, no seu lugar entrou Clayton, que não modificou a pressão que o Bahia estava fazendo.

Foto:Reprodução/Internet

Com o segundo tempo em tramite, o Bahia voltou ligado no 220v novamente e fez gol relâmpago. Com apenas sete minutos do segundo tempo, o Esquadrão marcou o gol com jogada de bola aérea. Elton cruzou a bola e Zé Rafael chegou por trás da zaga adversaria, porém, houve uma pequena colaboração do goleiro Rodolfo, que saiu bisonhamente do gol.

Em menos de cinco minutos após o primeiro gol, o Bahia voltou a marcar. Desta vez, não foi de jogada aérea, porém houve falha na defesa do Fluminense. Com recuo de bola errado, Edigar Junio conseguiu surpreender e superar a zaga e o goleiro, fazendo o segundo gol.

Desta forma, o Tricolor da boa Terra saiu com o triunfo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *