O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), 68 anos, foi escolhido para ser o ministro de Cidadania e Ação Social para o governo de Jair Bolsonaro (PSL). A pasta, que será criada, responderá pela área social do governo federal. A informação foi divulgada pela assessoria do governo de transição na tarde desta quarta-feira (28).

Segundo o G1, Terra comandou o atual Ministério do Desenvolvimento Social no governo de Michel Temer, responsável pelo programa Bolsa Família, até abril deste ano, quando foi exonerado para disputar a eleição. Ele dedicou-se a combater eventuais fraudes no pagamento do benefício.

O porto-alegrense foi prefeito de Santa Rosa (1993-1996), secretário de Saúde do Rio Grande do Sul e ministro do Desenvolvimento Social no governo de Michel Temer.

Terra é o 18º  ministro anunciado pelo futuro governo Bolsonaro. Durante a campanha eleitoral, afirmou que os atuais 29 ministérios seriam reduzidas para 15. Nesta terça (28), afirmou que o número de pastas pode chegar a 20.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *